sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Hora da chefe: Pimentos recheados


Pensavas que ia passar uma semana sem receitinha? Não pode ser... tens que te alimentar e nada melhor do que reproduzires esta receita quando chegares hoje a casa no final do dia. "Mas eu não tenho nada no frigorífico!", não faz mal, esta receita é para isso mesmo.

 Primeiro tens que preparar um pão ralado especial, misturando-o com alho em pó, salsa, sal e pimenta.
Depois acrescenta a esta mistura alho em pedaços, queijo (eu optei por pedacinhos de queijo brie, mas podes usar qualquer um que tenhas em casa), piri piri em pó, fiambre (em pedaços ou tiras), azeite a gosto e mistura tudo muito bem.

Depois é só recheares os pimentos, ou cogumelos... o que te apetecer e levar ao forno com queijo por cima.

Antes de fazer esta receita, recheava os pimentos com carne picada à bolonhesa, mas esta receita torna-se mais barata, prática e óptima para desenrascar, ao mesmo tempo que é fácil de preparar visto que é tudo a olho e não tem que estar ao lume. Para acelerares o processo, enquanto fazes a mistura escalda os pimentos em água.

Serve com salada a verde ou outra a teu gosto.

Vais experimentar?


quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Dizem por aí que se usa: Parca

A parca ou parka é muito semelhante ao anoraque e é muitas vezes confundida com o mesmo. Surgiu na década de 1960 foi criada pelo esquimó, mas popularizada pela juventude inglesa (mod), apresentando-se frequentemente em verde tropa uma vez que é uma peça militar que conquistou destaque na Royal Air Force (força área inglesa).
A parca caracteriza-se por ser impermeável e um bom agasalho, normalmente com capuz, daí ser a peça por excelência para a prática de desportos ao ar livre que estão sujeitos às condições do clima.

No entanto, temos que admitir que embora seja uma óptima peça para se usar no inverno por ser quentinha, prática para o dia a dia e confortável, não é o casaco mais feminino e fácil de se usar sem dar um ar muito desleixado. O truque é equilibrar o look, se usares largo em cima, usa mais justo em baixo, marcar a cintura com um cinto e adelgaça a figura com uns saltos altos.
A conjugação de cores também pode se revelar numa dificuldade acrescida, como normalmente a parca é são verde tropa, os tons terrosos (castanho, creme, bege, amarelo, vermelho e alaranjado...preto e branco) são a aposta mais segura, mas também consegues arriscar nos azuis, roxos e noutros tons de verde.

De seguida vou apresentar algumas imagens que retirei da internet para te inspirar. Decidi organizá-las por estação de ano, mas já vais perceber melhor.




Nestas imagens seleccionei os looks mais quentinhos, com malhas, golas, leggings e botas. Todas têm em comum calças ou leggings que são skinny, deixando todo o volume na parte de cima corpo. 
Contudo, também ilustrei como é possível usar uma camisa aparentemente mais elegante com a parca, de modo a obter um contraste entre o casual  e chique, pois resulta muito bem. Já o look com calções, funciona perfeitamente para o inverno gelado quando se aposta nos acessórios certos para nos aquecermos. De facto são os acessórios que ajudam com que o outfit não fique desleixado e por isso deves apostar neles sem medo, tal como arranjares o cabelo. Eu pessoalmente gosto de parca com cabelo apanhado em rabo de cavalo ou coque, liso ou com tranças.



Estes looks foram selecionados para aqueles dias que afinal não está assim tanto frio, mas que pela manhã sabe bem um agasalho quentinho. O primeiro look com calças rectas mostra como também pode funcionar, desde que com cuidado e elegância, daí a camisa e um colar mais chamativo. Depois temos os exemplos que a perna de fora funciona perfeitamente bem e que as camadas e sobreposições são uma ideia interessante para enriquecer o conjunto. 
O ultimo vem ilustrar como uma parca mais fina, a cruzar a gabardina, consegue um look bastante elegante quando os saltos altos predominam.

Se ficaste com vontade de adquirir a tua própria parca há várias opções nas lojas, quer dentro do normal verde, com capuz ou com insignias, até ao azul escuro... basicamente tem para todos os gostos.

Que achaste desta nova rubrica?
Qual é o género que mais gostas?
Já tens ou vais comprar?

Qual a próxima peça que querias ver nesta rubrica?

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Escolha perfeita - Boca perfeita

Até a escolha do batom certo para arrasares tem a sua ciência e um conjunto de truques que podes seguir para conseguires encontrar a cor certa para ti.

1º Passo é o tom de pele

Este pode ser quente, frio ou neutro. Se o tom da tua pele é frio então a cor do teu batom deve ser igualmente fria. Se o tom da tua pele é neutro, então és uma sortuda porque podes usar tudo o que te apetecer que te fica bem. Claro, escusado será dizer, que se o tom da tua pele é quente exige cores quentes.
Entende-se por cores quentes aquelas que são mais puxadas para o avermelhado, e por cores frias as que têm um subtom mais azul.

Tens duvidas sobre qual é o tom é a tua pele? Se é Quente, Frio ou Neutro? Um truque é analisares as veias do teu pulso.

Verdes ---------------------- Quente
Azuis ----------------------- Frio
Combinação --------------- Neutro

2º Nude

O Nude é o remate final de qualquer maquilhagem sofisticada e é óptimo para o dia a dia numa maquilhagem mais discreta.
O Nude perfeito é aquele que tem dois tons acima do tom dos teus lábios. Este vai puxar pelo tom da tua pele e ficar lindo. Ao mesmo tempo que te dá um ar mais saudável e não faz parecer que vais a um casting para The Walking Dead.

Quer seja nude, quer seja cor, o lápis vai sempre dar uma ajudinha, tal como o pó compacto antes e depois de uma camada fina de batom. Depois é só aplicar o truquezinho do dedo que já falei aqui pelo blog e já está.

Se não queres usar batom, mas continuas a querer uns lábios nude, usa a tua base para apagar os teus lábios, faz os contorno deles com um lápis com uma cor nude, usa balsamo labial e depois um gloss com uma corzinha subtil.

Se suspiras pelos teus batons de cor e queres usá-los no dia a dia, mas não tens coragem ou trabalhas num sitio que não te permite, depois de apagares os lábios com a tua base, abusa no balsamo labial, põe um pouco de batom no centro e usa a hidratação do balsamo para espalhar a cor por todo o lábio.

3º Evita os dentes amarelos

O batom na cor certa pode ser um óptimo aliado para um sorriso perfeito, por outro lado, uma má escolha pode dar a impressão que os teus dentes são mais amarelados e não fica nada bonito.
Para o efeito pretendido as cores frias com um subtom mais azulado, arroxeado.. como é o caso de batons vermelhos abertos, bordô, lilás.. entre outras cores são o aliado perfeito.
Batons com cores mais quentes, muito fechadas podem ser perigosas. Eu dei alguns exemplos aqui de algumas considerações na escolha de um batom.

4º Escolhas de cores

Pele Branca e rosada: 

Este tipo de pele é bastante claro, com dificuldades em se bronzear, muitas vezes com rosácea, sensível, acompanhado por um cabelo e olhos claros e fica avermelhada e corada com facilidade. Deve optar pelos nudes, rosas antigo, pêssegos, corais, vermelhos, vinhos, acastanhados, tons de cereja e framboesa.

Contudo, deverás evitar os batons alaranjados ou laranjas mesmo, pois vão apagar a tua boca.

Pele Branca e amarelada:

Esta pele tem um tom mais frio, acompanhada normalmente por cabelos e olhos mais escuros, tendencialmente com sardas, que deve evitar excesso do sol. Neste tom de pele sobressaem os rosa magenta, rosa queimado e vermelho.
Sobressaem neste tom de pele os glosses com fundo dourado.

Contudo, deves evitar o fundo laranja, amarelo e rosa pálido.

Pele Oliva
Este é um tom de pele amarelado, moreno mas claro e com um fundo levemente esverdeado. É o tom mais difícil de maquilhar os lábios uma vez que não há nenhuma cor que fique mal, mas também são poucas as cores que arrasam. Por isso deve priveligiar os tons nude, vinho e o rosa fechado.

Pele Morena

Esta pele bronzeia facilmente, normalmente quem a tem é morena, olhos escuros e é pouco sensível. Nesta ficam giros os tons de batom caramelo, coral, rosas, pêssegos, acastanhados, vermelho, vinho, bronze, café com leite, framboesa e deves apostar sem medo nestas todas. 
Contudo, tudo o que são tons frios devem ser evitados.

Pele Negra

A pele negra tem uma alta concentração de melanina, fica super bem os tons rosa acastanhados, uva, alaranjados, corais, vermelhos abertos, rosas vivos, liláses e acastanhados. 
No entanto, deves fugir a sete pés dos batons demasiado claros que vão fazer com que os teus lábios fiquem pouco naturais e bastante chamativos.


Já escolhias o tom certo?

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Salta uma rubrica como pipocas

Já é comum encontrar aqui por blog a rubrica sobre filmes, com a regularidade semanal. Como sempre trago filmes de diferentes género para ir ao encontro dos diferentes gostos e aumentar a probabilidade de encontrares algo que gostes para veres. 

Horrible Bosses 2



Duração: 108 min
Género: Comédia e Crime
Cotação: 6,5 /10
Realização: Sean Anders
Escrito por: Sean Anders e John Morris
Data de Estreia: 25 Dezembro 2014

Este filme é a sequela de outro, que resumindo contou a história de 3 homens que fartos dos seus chefes decidiram embarcar numa aventura para pôr fim à sua exploração. Neste filme decidem abrir um negócio por conta própria, e passaram eles a serem os seus próprios chefes sob o investimento de Bert Hanson, quando tudo estava a correr bem este ultimo desiste do negócio criando um prejuízo em meio milhão de dólares. Dispostos a recuperar este montante engendram um plano se rapto e sequestro de Rex Hanson e aqui começa toda a aventura cheia de peripécias como o primeiro filme já demonstrou.
Se gostaste do primeiro, vais gostar deste, pois não foge do mesmo registo. É um bom filme light, para passar as horas e soltar uma gargalhada sem muito esforço. Contudo, não é intelectualmente estimulante, nem tem um argumento rico, aliás é pobre em tudo até na própria fotografia. 


The Hunger Games: Mockingjay Parte 1


Duração: 123 min
Género: Aventura e Sci-fi
Cotação: 7 /10
Realização: Francis Lawrence
Escrito por: Peter Craig e Danny Strong
Data de Estreia: 20 Novembro 2014

Este já é o terceiro filme de quatro, também resumidamente, há a capitol e mais 12 distritos que trabalham para a manter em funcionamento. Anualmente são sorteados em sorte dois membros dos 12 distritos que vão-se desafiar num campo de jogos, numa luta pela sobrevivência. Sempre foi assim até Katniss se voluntariou para salvar a sua irmã deste destino. Assim, os filmes são protagonizados por esta personagem que é alvo central da vingança da capitol, o que esta não esperava é a natural influência dela sob a população dos 12 distritos.
Neste filme descobre-se que afinal há o distrito 13 e é lá que se encontra Katniss, que conscientes da sua influência e popularidade tornam-a o amuleto deles para derrotar a capitol.
É um bom filme, surpreendeu-me, já não aguentava outro filme num campo de jogos e este foge desse registro. É uma verdadeira lição do poder da união, da resistência, da esperança e por isso aconselho vivamente a assistirem este filme.
Como sempre a fotografia é impecável, as roupas que ela veste são lindas. só não deitam fogo.Devo contudo alertar, que quem vir este filme terá que obrigatoriamente ver o outro pois ficam muitas portas em aberto, o que desperta mais curiosidade são os sub enredos que embora quem tenha lido os livros não tenha surpresas , quem não, como é o meu caso fica curiosa com o seu desfecho. Não deixei de notar que há personagens que não foram tão exploradas como gostaria como é o caso Julianne Moore e outras que prometem ser promissoras como é o caso de Cressida.

22 Jump Street 



Duração: 112 min
Género: Acção, Comédia e Crime
Cotação: 7,2 /10
Realização: Phil Lord, Christopher Miller
Escrito por: Michaell Bacall e Oren Uziel
Data de Estreia: 10 Julho 2014

Cheguei agora à conclusão que este post é na sua maioria filmes sequela, e este não é excepção. Quem viu o filme anterior já sabe de que se trata este, basicamente são dois agentes que são inseridos no programa de Jump Street e vão para o ensino secundário para investigar sobre tráfico de droga. Neste é exactamente o mesmo, mas no ensino universitário.
É o verdadeiro exemplo de que em equipa vencedora não se mexe e nota-se a ausência de risco e de novidade, contudo, noto que ao contrário do primeiro Channing Tatum e Jonah Hill não carregam o filme todo às costas, mas acredito que se não fosse a cumplicidade destes não teria tanto sucesso como teve e o filme não teria corrido tão bem.
Aconselho e elogio a capacidade de manterem a diversão proporcionada pelo primeiro filme, mas se esperas novidade, suspense e um filme daqueles que te fazem pensar este não é de todo o melhor.

Serena



Duração: 109 min
Género: Drama
Cotação: 5,5 /10
Realização: Susanne Bier
Escrito por:Christopher Kyle, Ron Rash
Data de Estreia: 20 Novembro 2014

A trama deste filme ocorre em 1929 e debruça-se sobre a história de Serena e George, um casal recém casado que se dedica à exploração da Madeira. Serena apesar de ter crescido na cidade demonstrou uma aptidão especial para o negócio, uma óptima esposa, sócia, companheira e dedicada até que mudou as circunstâncias e ela passou a projectar o seu desgosto para Jacob, filho ilegítimo do seu marido.
Mais um filme que Jennifer Lawrence sobressaiu pela excelente interpretação demonstrando o lado negro de uma mulher amargurada e com um quê de psicopata. Este casal funciona, isso já não é surpresa para ninguém, este casal é exemplar para o bem e para o mal mas não deixou de despertar curiosidade o que me incentivou a ver o filme. 
Não é o drama daqueles que te desfazer em lágrimas, não é lamechas e caracterizo-o pelo seu realismo exagerado que roça o ilusório. A história poderia ter sido um pouco mais explorada tem alguns solavancos que podiam ser perfeitamente contornados e não foram.

The woman in black 2: Angelof death



Duração: 98 min
Género: Drama, Terror e Thriller
Cotação: 5,2 /10
Realização: Tom Harper
Escrito por: Jon Croker
Data de Estreia:  01 Janeiro 2015

Pensavas que já tinham terminado as sequelas? Não, não, aqui temos mais uma. Quem viu o primeiro sabe que foi com o Daniel Radcliffe, deve ter sido o primeiro filme a assistir após Harry Potter e gostei bastante de o ver noutro registo. Quando vi este a sair, apesar do IMDB prever uma diminuição na sua qualidade com a descida de pontuação insisti em ver. Como a maioria dos filmes de terror é uma casa assombrada, com brinquedos e macacos (qual é o problema dos macacos para estarem sempre presentes nos filmes de terror?). Em plena 2ª Guerra Mundial duas damas de companhia (chamemos assim) acompanham um grupo de crianças para essa mesma e fenómenos estranhos e perturbadores começam a acontecer e as crianças são o alvo principal. A dama mais nova, perspicaz descobre tudo e tenta resolver a situação o melhor que sabe, mas desperta o ódio desta mulher de negro.
É um filme perturbador, não consegues ficar indiferente ao mesmo, é o típico filme que funciona à base das imagens escuras que aparece do nada imagens que te fazem saltar da cadeira acompanhada pelas musicas assustadoras de suspense. Se és sensível não aconselho.

Quais destes vais ver? 
E quais já vistes?

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

O que comer antes e depois do exercício físico

Muita gente faz exercício físico em jejum porque acredita que assim irá perder peso mais rapidamente. Mas não... vais perder mais energia, força e depois desmaiar. Eu pelo menos acredito afincadamente que estatelada no chão desmaiada não vai de todo contribuir para a rentabilidade do teu treino, mas... tu lá sabes.
Por isso, venho apresentar um cardápio adaptado à prática de exercício quer no pré treino, quer no pós treino.

Alimentação Pré Treino

Antes demais é importante fazer a digestão antes de fazer exercício físico, por isso qualquer refeição deverá ser consumida 1 ou 2 horas antes do treino. Se este for muito intenso, podes comer um snackzinho 30 minutos antes de começares a exercicitar-te.

Deves privilegiar os carboidratos na alimentação pré treino ao invés das proteínas, pois os carboidratos são armazenados em forma de glicogénio muscular e hepático que ajuda a prevenir a fadiga. Esta ocorre quando há exaustão de glicogénio, hipoglecemia e desidratação.
Assim, deves escolher hidratos de carbono de qualidade, proteína magra, gordura vegetal saudável e apostar na hidratação antes, durante e depois.
Contudo, não deves abusar nas fibras nem em alimentos com muita gordura, porque vão dificultar a digestão, o que pode fazer com que fiques mal disposta.


Alimentação Pós Treino

Aqui a ingestão de carboidratos de fácil absorção conquista novamente um papel de maior relevância para repor o stock esgotado com a prática de exercício físico e deste modo garantir um padrão anabólico dentro dos parâmetros normais.
No entanto, não deverás abusar na quantidade só porque queimaste algumas calorias.
É importante comeres o mais rápido possível, contudo, deves diminuir em 50% a quantidade de alimentos a ingerir nas duas horas seguintes.

Não te esqueças depois de fazer exercício, fazer alongamentos e relaxamento dos músculos para evitar que estes fiquem doridos. Um bom chá é óptimo para relaxares e te hidratares.
Opta por elementos que te ajudem a fazer a digestão.


Achaste este post útil?

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Socorro vou a uma festa de aniversário

Em regra as festa de aniversário comemoram-se com um jantar e depois com uma noitada daquelas que não se esquecem facilmente. Assim, o conjunto escolhido deve ser adequado a ambas as situações.

Optei por não meter nenhum look com calças, porque quaisquer jeans, camisola básica e salto alto fazem um conjunto óbvio e super adequado a qualquer situação. Com um blazer ou jaqueta de couro tornam o conjunto perfeito.

Assim, optei por fugir do óbvio e apresentar novas sugestões que se afastam da zona de conforto. Não sei porquê mas para a noite opto sempre pelo preto e mais básico, talvez porque acho que as saídas nocturnas são a oportunidade ideal para caprichar na maquilhagem com um batom vermelho ou com um olho esfumado que fica muito bem com a roupa mais sóbria.

Optei por um vestido mais justinho super feminino que realce as tuas curvas. Como já vais mostrar as pernas, optei por  mangas compridas e sem decote com pormenores em renda que fica lindo.
Como o vestido é elegante e bastante feminino, optei por colocar por cima uma jaqueta de couro para o tornar mais casual. 
O penteado além de ser romântico e completar na perfeição o vestido, também realça o toque mais rebelde da jaqueta. Completaria com um batom rosa pálido e um olho realçado, esfumado a preto.
As sandálias como têm pormenores em rosa pálido vão dar um toque de cor ao conjunto, até então, muito monocromático, e são perfeitas para conferir alguma inocência, perfeitamente compatível com a renda das mangas do vestido.
Por fim os acessórios contrastam ambos os estilos, as pulseiras muito femininas e o colar mais punk e rock&roll.



Na saia tem novamente pormenores em renda pelas razões que já afirmei anteriormente. No entanto, tentei sair da zona de conforto ao conjugá-la com uma camisa com uma cor forte e que salta à vista com o seu azulão água.
O colar vai buscar os vários tons de azul tendo inclusive pormenores no tom da camisa o que completa bastante o conjunto, que até então estava bastante simples. As pulseiras só foram acrescentadas no caso de preferires dobrar as mangas como na imagem e não ficares com os pulsos muito nus.
Como na parte de cima temos bastante cor, optei por um blazer preto que é um básico e uns sapatos nude para não acrescentar mais informação ao conjunto.
Para o cabelo optaria por um rabo de cavalo alto e liso, que mantém o lado mais chique ao look e ao mesmo tempo que permite caprichar um pouco mais na maquilhagem.



Os calções têm pormenores em brilho que são adequados para a noite, mas não são exagerados. No entanto, uma t-shirt básica com mensagens tira o lado chique ao conjunto tornando-o mais casual. A jaqueta também vem contribuir para esse efeito.
Por ultimo uns botins de salto grosso tornam o conjunto muito mais confortável de ser usado. Aqui um batom vermelho é muito bem vindo, com uns olhos bem simples e um cabelo liso naturalmente.

Qual destes conjuntos escolherias?

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Um pequeno almoço que vende saúde

A moda dos batidos verdes veio para ficar, no entanto, nunca li com tanta popularidade sobre o creme de Budwig. Este é um creme saudável que promete fornecer tudo o que precisas para um bom pequeno almoço, o mais completo possível, oferecendo gorduras de qualidade, antioxidantes necessários ao bom funcionamento do nosso organismo, hidratos de carbono de lenta absorção que te dão uma sensação de saciamento por muito mais tempo, fibras para regular a tua função intestinal e proteínas.

Este creme é um elemento do método de Kousmine, tendo a Dra. Johanna Budwig como co-autora que deu o nome a este pequeno almoço com propriedades de auto-cura do organismo que promete combater a inflamação e ajudar ao tratamento da hipertensão arterial, artrite, artrose, esclerose múltipla e alguns cancros.


1. Proteínas: o componente principal do creme de Budwig é o alimento proteico, isto é, o iogurte, leite, queijo fresco, o ideal é privilegiares os alternativos como o de soja. Estudos antropológicos afirmam que muitos adultos são alérgicos ao leite de vaca e não sabem, o que resulta numa barriga inchada, gazes, difícil digestão, entre outros, não sendo necessariamente doloroso.

2. Óleo de 1ª Pressão frio: Um óleo de primeira pressão frio como o próprio nome indica consiste na extracção mecânica (pressão) a frio, através a extracção a partir da prensagem das frutas e sementes oleaginosas não excedendo os 40º graus. A integração deste pode ser já industrializado em forma de óleo ou a consumir os próprios alimentos, nomeadamente, noz, avelã, canhâmo, amêndoas, girassol... Normalmente encontra-se nas lojas tipo "Celeiro" em embalagens escuras, de vidro e pequenas dimensões.

3. Lima ou Limão: Já sabemos que o limão é um óptimo aliado para o emagrecimento, mas também purifica o organismo, é diurético, ajuda na digestão, fortalece o sistema imunitário, equilibra os níveis de PH, limpa a pele, refresca o hálito, hidrata o sistema linfático e melhora o teu humor. Como podes ver não pode faltar neste creme nem no teu pequeno almoço.

4. Os cereais integrais a serem incluídos devem ser aveia, cevada, arroz, trigo sarraceno, millet ou quinoa. Evita o trigo que não deve ser consumido cru e tal como o leite de vaca pode não ser tão facilmente tolerado pelo teu organismo sem que o saibas.

5. Fruta da época: Estas tendem ser as mais saudáveis com menos manipulações humanas no seu crescimento e amadurecimento.

6. Oleaginosa: Esta tem um papel fundamental para proteger o nosso coração. É aqui que entram as sementes de linhaça, chia, abóbora, girassol...

7. Banana ou mel: porque também merecemos beber algo que é docinho e agradável ao paladar.

Como faço o meu creme de Budwig? Normalmente uso um iogurte natural ou grego, noz, limão, aveia, pêra, sementes de linhaça e chia e mel. E vou variando na fruta ou no iogurte como disse.

Vais experimentar?




quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Todos os truques que precisas de saber

Já é praxe aqui no blog eu ir partilhando algumas dicas e truques para facilitar a tua vida, como é este e este o caso. Como já é tradição vou dar algumas dicas para usares e abusares na cozinha e especificamente nesta divisão.

1. Aspirina para limpar a assadeira
Sabes quando estás a lavar uma assadeira rectangular e a comida persiste em se acumular nos cantinhos e tens que fazer um esforço Olímpico para os limpar? Pois, dissolve uma Aspirina em água e usa para lavar esse mesmo cantinho.

2. Reaproveita restos de maionese
Não tiveste tempo para ir às compras e a maionese para temperares a salada está a dar as ultimas? Fácil, reaproveita o restinho dela adicionando umas gotinhas de sumo de limão.

3. Cebola anti choro
Estás cansada(o) de te afogares em lágrimas sempre que tens que picar cebola (cerca 90% das refeições)? Só tens que ligar um bico de gás do fogão com chama e não a tapar enquanto preparas a cebola, ou então colocar a cebola em água quente por um minutinho.

4. Embalagens de plástico sem cheiro
Sempre que guardas embalagens de plástico fechadas com a tampa, notas que ficam com um cheiro desagradável? Só precisas de meter umas pedrinhas de sal nelas e vais ver que este não volta a aparecer.

5. Não guardes bananas com outras frutas
Estas aceleram o processo de amadurecimento e fazem com que a restante fruta dure menos tempo do que o expectável. Para as bananas durarem mais tempo separa-as individualmente e corta o caule.

6. Choo comida salgada
Abusaste no sal? E mesmo acrescentando água a comida vai ficar salgada? Coloca uma batata inteira descascada, ela vai absolver o sal que está a mais.

7. Reaproveita o vinho
Fizeste um jantar especial e sobrou um pouco de vinho, que é bom demais para ir para o lixo? Reaproveita-o naquelas placas de fazer gelo e coloca-o no congelador para congelar, depois usa-o na comida.

8. Não metas tomate no frigorífico
O tomate do frigorífico vai perder o sabor visto que o frio irá interromper o processo de amadurecimento e alterar a sua textura.

9. Não uses embalagens transparentes em iogurtes
Se fazes iogurte caseiro ou preferes transferi-los para uma embalagem transparente, sabe que com isto vai perder algumas vitaminas.

10. Usa manteiga no queijo
Se aquele queijo em bola sempre que vai para o frigorífico endurece na parte onde cortaste, só precisas de barrá-la com manteiga e isso deixa de acontecer. Usa papel de alumínio ao invés da película aderente para o protegeres e aumentar a sua esperança de vida.

11. Tira a pele das amêndoas com água
Para tirares a pele às amêndoas, mete-as em água a ferver e depois a pele sai como se fossem tremoços. O mesmo truque é válido para os tomates.

12. Limão evita oxidação
Mete umas gotinhas de limão para evitar a oxidação das frutas (que elas escureçam) o mesmo truque é válido para as saladas de fruta.

13. Engrossa o molho 
Se o molho não ficou na consistência que querias e preferias que ficasse um bocadinho mais grosso, só precisas de dissolver um bocadinho de farinha com água e misturar esta mistura ao molho. Ele irá engrossar de certeza.

14. Tirar cheiro do congelador
Notas que o teu congelador tem um cheiro desagradável e não tens tempo para andar com vinagre e restantes truques. Usa carvão ele irá sugar esses odores que te incomodam.

15. Evita pão recesso
Para evitares que o pão endureça, mistura-o com aipo no saco. Este irá evitar que fique recesso e nada comestível.

16. Fazer massa folhada
Não untes a assadeira com manteiga para fazer massa folhada, esta já tem gordura suficiente e dispensa esse passo.

17. Evita bichinhos na farinha
A farinha tem o dom de ganhar alguns bichinhos um pouco para os estranhos e inexplicáveis, para os evitar só precisas de misturar na embalagem umas folhinhas de louro. Aparentemente estes bichos têm mau gosto e não gostam de louro.

18. Acelera o processo de fazer gelo
A malta apareceu aí em casa e queres servir refresco, no entanto não tens gelo?  Usa água a ferver que vai acelerar o processo de congelamento e fazer cubos de gelo rapidíssimo.

19. Embeleza bolos de chocolate
Para os bolos de chocolate ficarem muito mais bonitos, acrescenta na confecção uma pitada de bicarbonato de sódio. Vai fazer com que o chocolate fique com um óptimo aspecto.
A mesma dica funciona com os legumes verdes.

20. Ovos sempre frescos
Para ver se os ovos estão comestíveis, só precisas de os mergulhar num recipeciente com água, se boiarem não os comas. Quanto mais fundo mergulharem mais frescos são.

21. Omelete perfeita
Para fazeres a omelete perfeita bate as claras separadamente das gemas e só depois é que misturas. Vão ficar muito mais fofinhas e deliciosas.

22. Bolo caramelizado
Para o teu bolo ficar com um aspecto caramelizado, unta a forma com açúcar, não falha.

23. Difícil cozedura
Se o teu bolo cisma em só cozer por fora, acrescenta no forno um tabuleiro com água por baixo da forma do bolo. Vai ajudar a que coza também por dentro.

24. Bolachas mais duradouras
Só precisas de as embrulhar em papel de alumínio e vais aumentar a sua esperança média de vida.

25. Afia as laminas do liquidificador
Metendo-o a funcionar cheio de cascas de ovos partidas. Estas vão afiar as lâminas do liquidificador.

Já conhecias estas dicas?
Não te esqueças de conferir outras dicas no guia de sobrevivência para novas fadas do lar.

terça-feira, 17 de fevereiro de 2015

Salta uma rubrica como pipocas

Regresso à programação normal é sinónimo de filmezinhos dos bons aqui pelo blog e a minha opinião acerca dos mesmos.
Como sempre trouxe filmes diferentes géneros, com diferentes temas numa tentativa de agradar a gregos e a troianos.
A novidade é que já temos nome para rubrica... espero que gostes!


Mandela: Long Walk to Freedom



Duração: 141 min
Género: Biografia, Drama e História
Cotação: 7,1/10
Realização: Justin Chadwick
Escrito por: William Nicholson e Nelson Mandela
Data de Estreia: 12 Dezembro 2013

Este filme durante as suas duas horas de duração retrata a vida de Nelson Mandela desde a sua infância até se tornar um adulto corajoso, activista na luta dos seus ideais, direitos humanos e o fim do apartheid. Uma verdadeira prova de preserverança, união de um homem com uma vida pessoal como tantas as outras e o idealizado lider do partido ANC admirado e disposto a tudo pela luta no lado do povo.
É um filme bastante extenso, no entanto, pouco pormenorizado, que ao contrário do expectavel não se centrou tanto na história na 1ª pessoa, narrada pelo próprio mas numa perspectiva distante em que por muitas vezes deixa de ser o principal protagonista, ultrapassado em vários momentos pela sua esposa Winnie Mandela. 
Apresentou um homem virtuoso, estimado, alturista que em poucos momentos teve falhas e as mesmas foram devidamente explicadas e justificadas, o que não seria de esperar outra coisa, visto que tem sempre um dedinho da obra literaria escrita pelo próprio Mandela. 
Um bom filme que ultrapassa o quadro politico em si e faz um retrato sociológico da altura, ilustradas no final com fotografias veridicas que enriquecem sem dúvida o filme. Como expectavel a morte de Nelson Mandela durante a anteestreia do filme veio enaltecer a obra e potencializar o carisma necessário para a procura do filme como em homenagem e recordação deste grande homem.

Last Vegas




Duração: 105 min
Género: Comédia
Cotação: 6,7/10
Realização: Jon Tueteltaub
Escrito por: Dan Fogelman
Data de Estreia: 07 Novembro 2013

Billy, Paddy, Archie e Sam são um quarteto amigo desde da infância que passado 6 décadas de amizade viajam juntos para despedida do primeiro que se vai casar com a namorada com metade da sua idade. Convictos em tomar a cidade Las Vegas de assalto para um momento de diversão, inesquecivel que lhes faça esquecer da sua velhice e todas as consequências associadas a essa ao nivel fisico, numa mente aberta, jovem e desejosa por alguma aventura e estimulo.
Com um elenco de luxo Michael Douglas, Robert de Niro, Morgan Freeman e Kevin Kline só podia sair um bom filme de entretenimento. Contudo, deixa um bocadinho a desejar ao nivel do argumento, com uma comédia previsivel, com um subaproveitamento dos seus actores. Mas não posso deixar de recomendar, pois é capaz de te fazer soltar algumas gargalhadas sem deixar de lado a sua lição de moral partilhada em vários momentos pela experiencia da idade e da vida.

The Judge



Duração: 141 min
Género: Drama
Cotação:7,5/10
Realização: David Dobkin
Escrito por: Nick Schenk, Bill  Duduque
Data de Estreia: 16 Outubro 2014

Hank é um advogado de sucesso que num momento em que passa por uma situação de fragilidade familiar é obrigado a retornar à sua cidade natal para o funeral da sua mãe e consequentemente é obrigado a conviver com o pai com quem não mantém qualquer relacionamento e afinidade.
O regresso à sua cidade natal é obrigatoriamente uma viagem ao passado com pontas soltas que devem ser percebidas e resolvidas. Num momento de conflitos familiares, Hank ve-se obrigado a defender o pai, um conceituado juiz, que é acusado de assassinato. Um papel a desempenhar numa relação de cliente e advogado apresenta uma auto conhecimento, compreensão mutua e uma reconstrução dos papeis a desempenhar enquanto pai e filho.
É um drama, sem dúvida, mas não daqueles que te fazem desfazer em lagrimas compulsivamente.

Birdman


Duração: 119 min
Género: Drama e Comédia
Cotação:8,1/10
Realização: Alejandro Gonçalez
Escrito por: Alejandro Gonçalez e Nicolás Giacobone
Data de Estreia: 08 Janeiro 2015

Birdman conta a história de Riggan que teve os seus anos de ouro quando representou uma triologia de Birdman e nunca mais se conseguiu dissassociar desse papel. Numa derradeira tentativa de deixar de ser associado ao mesmo e recuperar o mediatismo de outrora, encena e representa uma peça para provar o seu valor enquanto actor e está totalmente dependente do sucesso de outro para atrair publico novo.
Um argumento pouco original e arrisco a dizer esquizofrénico, devo jurar que já vi algo semelhante em Kim Possible com o homem furão (podes ver do que falo Aqui), bastante parado e que admito que senti sono durante todo o filme que ainda por cima não é curto.
Poucas oportunidades para Emma Stone brilhar, que teve uma representação exemplar, irreprensivel e adequada a toda a esfera de loucura existente ao longo do filme. Não concordo que seja considerado comédia, no entanto, reconheço uma tentativa de comédia negra com consecutivas tentativas de pertubar o espectador. Não merece cotação tão alta na minha opinião. 

Edge of Tomorrow




Duração: 113 min
Género: Acção e Sci-fi
Cotação:8,0/10
Realização: Doug Liman
Escrito por:Cristopher McQuarrie e Jez Butterworth
Data de Estreia: 29 Maio 2014

Cage é um oficial que conquistou a patente através da atividade exercicida enquanto jornalista que foi chamado a intervir na guerra contra umas criaturinhas muito estranhas e perturbadoras. Sem perceber nada de guerra, nem dos equipamentos ultra modernos para a luta do desconhecido mata um Alfa que lhe confere poderes especiais até (e muito uteis para) destruir a Omega. 
Conta com a preciosa ajuda da sargento Rita que já passou pelo mesmo e compreende e ajuda-o a lidar com tais poderes.
Claro que os mesmos são bastante uteis mas acarretam mais responsabilidade e dilemas que têm que ser ultrapassados moralmente.
Confesso que me surpreendeu, não sou propriamente fã deste estilo de filme e não estaria no topo da minha lista de preferidos e prioritários para ver, mas não me arrependo de o ter feito, passei um bom bocado mas também não exageremos com uma pontuação de 8 como se não houvesse amanhã, porque há e este filme prova exatamente isso.

Conheces algum destes?


 

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Hora da Chefe: Massa de Atum em versão chique


Quem está a estudar fora sabe que massa com atum é o prato por excelência dos estudantes... não há estudante que não coma massa com atum por ser um prato rápido, barato, delicioso e rende para várias pessoas.
Mas a tradicional massa é muito simples e a(o)s minha(meus) leitora(e)s merecem mais e melhor e por isso mesmo venho apresentar uma massa com atum com todas as particularidades da tradicional mas tudo em melhor.

O primeiro passo é cozer a massa colorida conforme as indicações da embalagem até ficar al dente. Eu pessoalmente gosto de meter a água a ferver, quando ferver meter 1/3 de um caldo de galinha (Knorr) e um bocadinho de margarina. Quando derreterem, acrescento a massa na quantidade pretendida e quando esta ferver novamente uma pitada de sal, sem exagerar visto que o caldo de galinha já dá muito sabor à massa. Vais ver que massa cozida vai passar a ser o top das tuas receitas.

Num tacho alourar um bocadinho de bacon, sem adicionar nenhuma gordura, quando der o ar da sua graça (ficar a ganhar uma corzinha) adicionar 1 dente de alho médio ou grande e de seguida tomate. Ir mexendo até que o tomate deite o suco para o molho e adicionar espinafres (mais ou menos metade de uma embalagem) e temperar com sal e pimenta a gosto. Ir mexendo até os espinafres murcharem.
Quando os espinafres estiverem cozidos adicionar uma colher de sopa de queijo fresco (daqueles de barrar) e juntar o atum e posteriormente a massa envolvendo tudo.

Vais ver que vais adorar e surpreender os teus colegas.

Quem vai experimentar?

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2015

EDN: Sessão de encerramento

Já deves ter percebido que para mim dia dos namorados que se preze tem que ter papinha da boa, se reparaste Aqui e Aqui fui sempre apresentando várias ocasiões para uma refeição especial a 2. Mas, se dei sugestões para um almoço ou jantar, ocasiões mais comuns, hoje venho dar uma nova sugestão de pequeno almoço mais especial.
Se o teu namorado é todo FIT e queres presenteá-lo com um pequeno almoço mais especial ou se a tua namorada está em dieta e cabe a ti a difícil tarefa de lhe preparar um pequeno almoço surpresa que não te coloque em perigo de vida, vim apresentar uma sugestão mais saudável, especial e muito deliciosa.


Para fazeres umas panquecas light, docinhas só precisas de triturar 4 colheres de sopa de farelo de trigo e 4 colheres de sopa de farelo de aveia num liquidificador, uma dica extra é meteres sementes de linhaça e sementes de chia a gosto. Depois de triturado junta meia colher de sobremesa de fermento.
Noutro recipiente bate um ovo grande, com um iogurte natural light, junta os ingredientes secos muito bem misturadinhos e acrescenta uma colher de meia de sopa de adoçante
Agora é só ir ao ao lume numa frigideira, quando borbulhar virar ao contrário e depois servir, com doce, nutella o que te apetecer.

Bom apetite!

Que achaste desta edição especial do dia dos namorados?

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

EDN: Como estragar o primeiro encontro

AhAh pensavam que eram só eles que estragavam o primeiro encontro com os assuntos mencionados Aqui? Não, não, às vezes as mulheres querem tanto impressionar que sem abrir a boca conseguem condenar o encontro ao fracasso logo à partida com o que vestem.
Assim, vou apresentar sugestões, adivinha... para estragares o primeiro encontro com o que vestes.


 
O melhor conselho que posso dar para te vestires no primeiro encontro é não dares logo tudo à primeira, estar bonita claro! Mas não dares a ideia que não tens muito mais para oferecer futuramente do que aquilo. 
Contudo, convém estares adaptada à situação, dar um quê do teu charme e não é um vestido tão sem graça para um evento, umas galochas e um kispo que te vão ajudar. Não digo que o conjunto não seja giro para ires comprar pão à padaria, mas para um encontro ou um jantar a dois é demasiado casual e nem o colar o safa.
Não queiras dar a ideia de que te estás a borrifar para o encontro e que estás ali só por estar, mostra o mínimo de interesse e curiosidade sobre ele... apesar dos homens por natureza gostarem de mulheres que se fazem de difícieis e serem caçadores natos, tu não és uma gazela e não tens que despertar esse instinto. 



Ok, já concordámos que nos temos que cuidar mais um bocadinho do que no primeiro conjunto. Mas, cair no oposto também não é de todo a solução mais viável. Não queiras mostrar as tuas curvas, as pernas tonificadas e um decote lindo para lhe provares que és uma mulher com tudo no lugar...se ele merecer, ele vai descobrir isso com o tempo. Tu és uma mulher interessante, com mais atributos do que os físicos e exibi-los tão descaradamente irá dar a ideia que és uma montra e que estás com segundas intenções. Mesmo que estejas não as anuncies logo no primeiro momento, dá pistas subtis.



Não exageres na pele à mostra, ainda estamos em Fevereiro e ainda temos frio. As botas super sexys combinadas com um umbigo à mostra pode ser demasiado Pretty Woman e não é todos os dias que nos sai um Richard Gere na lista (infelizmente para nós)! Os calções com umas botas não tão sexys, um top mais discreto tudo bem, mas não vás com tudo... entenda-se lantejoulas, roupa justa, curta, e quiçá um batom vermelho. Não queremos encher as urgências com ataques cardíacos. Modera a coisa para a saúde do moço.



Aqui está uma proposta para o primeiro encontro, o top não demasiado decotado tem um toque de brilho na parte inferior que dá um toque especial a todo o conjunto. Como é rosado dá um ar mais inocente e romântico ao conjunto. Reservei todo o Sex appeal para os pés, os sapatos com renda dá um atrevimento engraçado e discreto ao conjunto. Depois claro, um bom casaco para não passares frio.
Este conjunto é bastante versátil, fica óptimo quer com um cabelo liso ou ondulado...aconselharia no entanto a destacar os olhos ao invés dos lábios.

Que achaste do penúltimo post desta edição especial?

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Especial Dia dos Namorados: Como sobreviver ao Dia dos Namorados sem cortar os pulsos

Chegou aquela altura que os casalinhos prometem amor eterno, andam pela rua de mão dada, deixando um rasto de flores com aroma a baunilha pelo caminho. E tu solteira(o) a levar com toda esta felicidade alheia e quase és queimada(o) em praça pública por estares solteira(o) e feliz num dia para celebrar o amor.
Este ano como o dia dos namorados calha num sábado ainda piora a situação, pois se antes tinhas o teu dia ocupado e só quando chegavas a casa é que te lembravas que eras solteira(o), no fim de semana torna-se mais complicado saíres à rua sem que te olharem como se fosses um extraterreste. Mas, para não te sentires nostálgica(o) vou dar um conjunto de dicas para aproveitares mais e melhor o dia do que os casais mais felizes que conheces.

1. Faz compras
Se andam todas feitas baratas tontas sem ideias e na busca da prenda perfeita para o namorado. Tu podes gastar o teu dinheiro com quem realmente merece, TU. Por isso, investe numa peça de roupa que te fique bem e que arrases com ela.

2. Pratica exercício
Vai ao ginásio, faz uma zumbada, uma corrida ao ar livre... o que te apetecer, desde que mexas o esqueleto. O exercício provoca-te uma sensação de felicidade, adrenalina e bem estar.

3. Mima-te
Aproveita o dia para te mimares com tudo o que tens direito. Faz um SPA Day, relaxa... faz uma sessãozinha de cinema, mas longe do balde de gelados, pois este fica reservado para quem quer passar o dia Deprê.

4. Sai com os amigos
Vai para a noitada com os amigos e aproveita para te divertires. Não vale arranjar desculpas para meteres o olho no solteirão que está no bar. A ideia é celebrares a tua solteirice, e mostrares ao mundo que tens a melhor companhia...Tu...e viver bem com isso.

5. Babysitting
Oferece-te para tomares conta dos teus sobrinhos, dos filhos de um casal amigo para que eles possam celebrar o dia enquanto casal sem os fedelhos. Além de fazeres uma boa acção tens um pretexto para te divertires com a pequenada.

6. Visita familiares
Nunca tens tempo para o fazer, mas entre ficar em casa a ver filmes lamechas e estares com a tua avó, mãe, prima, tio... a balança deverá pender para o lado deles. De certeza que vão gostar e tu não ficas sozinha.

7. Afasta os teus amigos Deprê
Se a tua amiga ficou solteira recentemente e está numa fase delicada, aproveita para a mimares com um cartão divertido, um ramo de flores... Agora se está deprê só porque sim, só porque queria um ser para passar a data então é melhor afastá-la neste dia para não ires na onda.

8. Workshop
Faz um workshop de auto maquilhagem, experimenta roupa, usa produtinhos novos, nova maquilhagem o que te apetecer o importante é que te tornem linda e aumente a tua auto estima.

Faz o que fizeres não fiques em momento a deprimida.