segunda-feira, 6 de abril de 2015

Sabes o que andas a comer? Sementes de Linhaça


Com a moda da alimentação saudável, surgiram as sementes e com elas todos nós viramos papagaios. Mas quando li que regulava o trânsito intestinal, foi mesmo "quero lá saber, estou dentro!".

A verdade é que as sementes de linhaça já são conhecidas desde 5000 A.C na Mesopotâmia, txé as coisas demoram a chegar a Portugal, hein? E são consideradas um alimento funcional devido às suas propriedades.

Conhecidas como sementes de linho, existe dois tipos de sementes, as castanhas e as douradas que possuem propriedades semelhantes. A diferença de cores prende-se pela origem da sua produção.

As que consumo são as douradas do Minipreço, têm um preço mais acessível e fazem o seu pressuposto. Os ingredientes desta marca são Sementes de Linhaça amarela. Pode conter vestígios de soja, frutos de casca rija, sementes de sésamo, glúten e dióxido de enxofre. Conservar em local fresco e seco. Após a abertura da embalagem conservar no prazo de 1 mês. Pode ser utilizado tal em qual, em leite, batidos, iogurtes ou enriquecedor das suas receitas, massas, arroz, pão, bolos, ou saladas. Quando consumidas tal qual estas sementes devem ser colocadas em água cerca de 10-15 minutos ou trituradas de modo a serem mais facilmente digeridas. 


Na internet consegues completar a informação nutricional. A titulo de exemplo apresento esta que recolhi já não sei bem em que site, mas foi daqueles de saúde.



Benefícios das Sementes de Linhaça

Como as sementes de linhaça são ricas em lignanas, que são nada mais, nada menos fitoestrógeno que tem este nome devido ao estrógeno que tem na sua composição, assumem um papel ativo na prevenção do cancro da mama e na proteção dos ossos na mulher. De facto, são as mulheres que mais beneficiam com o consumo diário de linhaça pois equilibra as hormonas e como tal ajuda com os sintomas do TPM, e ajuda com a retenção de líquidos.

Como é rica em fibras, ajuda na prevenção do cancro do cólon, regula o trânsito intestinal melhorando o seu funcionamento e ajuda a emagrecer, pois regula os níveis de glicemia, aumenta a sensação de saciedade e dá energia para fazer atividade física.

Também o coração beneficia com o consumo de Sementes de Linhaça, uma vez que estas reduzem o mau colesterol e aumenta o bom colesterol, combate a hipertensão e anemia e reforça o nosso sistema imunológico. Além deste reforço, ainda ajuda no caso de inflamações, exercendo uma ação cicatrizante.

Ajuda no caso de enxaqueca, espasmos, asma, reumatismo, contração muscular, e por ser antioxidante previne o envelhecimento precoce da pele e até ajuda com o acne.


Malefícios das Sementes de Linhaça

Como sempre, vá não é como sempre porque como vimos aqui, mas como acontece geralmente há um grupo de pessoas para as quais as Sementes de Linhaça não são recomendadas. Como é o caso de quem sofre da doença de Crohn devido aos seus efeitos laxativos. 

Também as grávidas e mulheres que estão a amamentar não devem abusar no consumo destas sementes. Devo dizer que estas devem ser consumidas conforme as instruções da embalagem, muitas pessoas consomem Sementes de Linhaça a pensar que estão a fazer bem e estão a sair mais prejudicadas do que beneficiadas, porque estas ficam presas no intestino irritando-o.

Há quem diga que prejudica o fígado e quem seja intolerante a estas sementes, por isso qualquer sintoma estranho consulte o seu médico.

Espero que seja útil.

2 comentários:

  1. respondi-te la no meu blog mas ja agora obrigada dd novo.
    vou seguir te :)
    beijinho

    ResponderEliminar