segunda-feira, 20 de julho de 2015

Alimentação saúdavel: Como Comprar

São vários os momentos que partilho convosco dicas de alimentação saudável, ora seja na "hora da chefe", no "sabes o que andas a comer", em dicas para preparar a marmita ou até mesmo em dicas para pequeno almoço. A verdade é que preciso, por uma questão de saúde, ter em atenção o que como e como tal gosto de pesquisar como fiz para este post num artigo da DECO que partilho convosco.

Contudo, nunca falei aqui nos cuidados a ter na hora de comprar os produtos e algumas dicas para conseguires uma alimentação segura, saudável e benéfica ao teu organismo sem correres riscos.

Carne: A carne tem qualidade quando apresenta uma textura fina, untuosa ao toque e o "sangue" a escorrer normalmente. Esta tem que ser compacta, firme, elástica, com uma cor bonita e um cheiro suave e agradável.

Peixe: Um peixe fresco tem um cheiro suave, por isso se o cheiro é muito intenso não deves comprar. As escamas devem ter uma cor viva, brilhante, sem descoloração... quando estas ficam baças é sinal que já tem alguns dias. Os olhos devem ser salientes, a córnea transparente e a pupila negra... caso contrário não são frescos. 
A carne do peixe também deve ser firme e elástica, quando apertas com o dedo este não pode ficar marcado, guelras avermelhadas, brilhantes e sem muco, a coluna deve partir facilmente e a membrana que cobre a parede abdominal deve aderir totalmente.

Aves: A pele deve ser lisa, branca ou amarela (não faz diferença) e a carne deve ser tenra e com pouca gordura.

Leguminosas: As embalagens devem estar bem fechadas para que consigas conservá-las até 1 ano desde que num local fresco e sem exposição à luz solar. Para verificar se têm bichos mergulha a tua mão sobre elas enquanto estão em água, as que tiverem bichos vêm à superfície, enquanto os restantes se "afundam". 
Se preferes em conserva dá preferência às que não têm sulfitos, e com poucos aditivos, as embalagens devem estar perfeitas, sem estarem amassadas, com ferrugem ou manchas estranhas. 

Ovos: A casca é sempre áspera e opaca, deve estar limpa e intacta na hora de comprares. Em caso de dúvida da frescura de um ovo faz o teste do copo de água que já partilhei aqui no blog. Quando aberto não pode ter odor, a clara deve estar límpida, gelatinosa e translúcida, enquanto a gema deve ser saliente. À medida que o ovo fica envelhecido a gema fica móvel. 
Para conservar no frigorífico a ponta deve ficar para baixo e respeita sempre o prazo de validade. Para que não se partam na cozedura, adiciona vinagre antes de a água ferver.

Charcutaria: O fiambre tem que ter uma textura firme, fatias compactas e sem soltar água. O aspecto exterior seco, com uma cor rosa acinzentada, quando muito intensa é porque tem aditivos a mais. Se predomina o cinzento, esverdeado ou esbranquiçado está estragado.

O Presunto tem uma parte exterior muito escura e seca e a parte interior mais clara e macia. Manchas azuladas, sal à superfície é sinónimo de bolores e secura, a gordura exterior deve apresentar uma cor clara, quando amarelado significa que o produto está rançoso. Para o conservar inteiro, guarda-o num ambiente seco, ventilado... se fatiado guardar no frigorífico por 4 dias.

O Chouriço tem que ser vermelho acastanhado, brilhante, consistência firme e bem aderente à massa. Não compres chouriço com muita humidade, muito castanho (sinónimo de uma fumagem rápida) ou com bolor. Guarda-o no frigorífico envolvido em película aderente ou numa caixa fechada em azeite. 

Vou fazer um post complementar só para frutas e legumes. Vais perder?

Encontraste dicas úteis?

Sem comentários:

Enviar um comentário