segunda-feira, 24 de agosto de 2015

Alimentação saudável: Como cozinhar

"Já não falaste em preparar?" Já sim... Mas não estamos a falar da mesma coisa. É determinante que te familiarizes com os vários processos de cozedura.

A cozedura mais comum é feita em água, nesta os alimentos pobres em água absorvem-na juntamente com o sal (se acrescentares, claro), no caso dos alimentos serem ricos em água eles vão perde-la e diminuir o seu volume e com isto perdem também vitaminas hidrossolúveis (vitamina B e C), os sais minerais como o potássio, ferro e magnésio. Assim, quanto mais sal acrescentares, mais salgada fica a comida (really?), quanto mais água mais perde os princípios nutricionais... assim torna-se preferível mergulhar os alimentos em água já a ferver para coagular mais rapidamente a camada superficial e consequentemente criar uma película impermeável e preservar os elementos nutritivos.

A cozedura em vapor é mais rápida, simples, com menos perdas nutricionais e ainda preserva melhor o sabor. Sendo o mais recomendado para cozer legumes e na confecção de sopa.

Para fritares os alimentos, deves emergir-los em óleo ou gordura muito quentes. Este processo vai criar uma película de proteínas coaguladas que combinam com a caramelização dos glúcidos que lhe confere o aspecto estaladiço. Os nutrientes mais importantes não são perdidos, contudo a maior parte da gordura é absorvida e por isso é enriquecida em calorias e torna-se difícil de digerir.

Para dourar ou saltear os alimentos deves usar quantidades reduzidas de gordura em pequenas porções de alimentos. Vai acelerar o processo e manter o sabor delicioso.

Podes cozer os alimentos à base do calor seco, característica comum dos assados ou grelhados. Podes dispensar a gordura se assim entenderes, ela não faz falta para a conservação das propriedades nutricionais asseguradas por uma crosta criada pelo calor. Podes usar e abusar desta técnica, deves, contudo, ter cuidado a usar carvão, só deves fazê-lo quando este já estiver em brasa. Este cuidado apesar de ajudar, mantém os componentes tóxicos cancerígenos e como tal deves evitar as partes muito queimadas.

Por fim a cozedura mista consiste em conjugar o cozedura em água e o saltear. Primeiro fazes um refogado e depois cozes em liquido num recipiente fechado.

Todas estas técnicas requerem que os alimentos sejam bem temperados, mas não te esqueças que todos os alimentos já têm o seu sal natural e por isso tudo que acrescentas é bónus. Assim, tenta substitui-lo por ervas, apresento algumas sugestões de seguida:

Fonte: DECO
 Qual é o teu género preferido?

Sem comentários:

Enviar um comentário