terça-feira, 18 de agosto de 2015

Dicas para organizares (produtivamente) o teu dia

São frequentes as vezes que ouço amigas minhas a queixarem-se que não têm tempo para nada (hello friends!) e de facto com uma casa, amigos, trabalho, namorado, ginásio... é difícil arranjar tempo para um dia que só tem 24 horas. Mas... com pequenos truques ou dicas podemos arranjar um espacinho para colocares mais uma atividade no teu dia.

1. Estuda-te


É importante conheceres-te bem e saberes quanto tempo demoras a fazer as coisas. Depois de acordares quanto tempo demoras a sair efetivamente da cama? A tomar banho? Pequeno almoço? Vestir? Basicamente, a sair de casa?

Analisa o que precisas mesmo de fazer e o que podes adiar para quando chegares a casa. Mas não te esqueças, sabes sempre como sais e não sabes como regressas, podes estar mal disposta, cansada, com uma dor de cabeça, mau humor... e sem pachorra para dedicar-te à tal tarefa e consequentemente acumulas com outras que seriam para fazer neste momento, aumentando, assim, o grau de dificuldade e desordem.

2. Define tempo


Determina o tempo que podes dispensar a fazer tal tarefa. Acordar às 7:30h, tomar banho 7:40h, fazer a cama 7:45h, secar o cabelo 8h, tomar o pequeno almoço 8:15h, lavar a loiça e arrumar a cozinha 8:20, vestir 8:25, arrumar WC 8:30 e sair. Cumpre, repara que não me esqueci das tarefas domésticas e estas ao serem inseridas na rotina não se vão acumular e poupam tempo quando chegares a casa. Tudo o que fizeres em piloto automático é quase isento de erro e acabas por fazer mais rápido.

3. Define um objetivo do dia

E lembra-te que tens várias esferas na tua vida e que estas devem ser todas contempladas.



Não vivas exclusivamente para o trabalho, não é saudável. Se hoje o teu objectivo foi referente ao teu trabalho, amanhã pode ser para mimares a família,  no dia seguinte o namorado e no fim de semana fazer exercício físico. Quando puderes conjugar ambos melhor, por exemplo ver aquele filme com o namorado.

4. Cria uma lista


Usa uma agenda que te adaptes (papel, da internet, telemóvel) e faz listas. Se tens a tendência a procrastinar aponta literalmente tudo o que tens que fazer: acordar, fazer a cama, tomar banho, secar o cabelo, tomar o pequeno almoço, lavar os dentes, arrumar o WC... assim vais diminuir a probabilidade de ficares mais 5 minutinhos no facebook enquanto tomas o pequeno almoço ou ver televisão quando tens uma imensidão de coisas para cumprir.

5. Programa e aproveita pausas


Fazer pausas é importante mas saber usá-las a teu favor é imprescindível. Por exemplo tens uma hora do almoço, dessa hora aproveitas 15 minutos para comer, usa o restante tempo para gastares naquilo que te dá prazer, nas redes sociais, a ler aquele livro que tanto queres, assistir a tal série... ou mesmo fazer exercício físico para que posteriormente possas passar menos tempo no ginásio e usá-lo para  outras coisas.

6. Faz esquema semanal


Ideia para DIY: Num quadro grandito coloca um calendário semanal com os dias da semana e um espacinho para o mês... depois preenche a marcador cada dia no vidro do quadro, inclusive o prazo para fazeres pagamentos, a refeição, o cronograma das limpezas, prazos importantes... e mantém sempre à vista.

7. Cumpre horários


Sê disciplinado(a)... e cumpre rigorosamente os horários. Mas não te esqueças de reservar um tempinho só para ti para fazeres aquilo que gostas e te dá prazer. É importante no final do dia teres o teu próprio espaço, sem ter que retirar tempo ao sono, às refeições ou qualquer coisa que comprometa a tua saúde e bem estar.

Para isto é importante saberes e estabeleceres quando parar, se estás a estudar define um horário para terminar, não adianta estares até mais tarde se não vais absorver. Deixa o teu cérebro descansar e desligar, estuda até às 11h, depois vai ver uma série, ler um livro... desfoca-te.

8. Retira o que te estorva


Já falei da importância disto aqui. O importante é não perderes o controlo, criar uma rotina previsível que não te crie ansiedade pelo menos quando não precisas dela.

9. Recompensa-te


Alerta contradição... desfruta dos momentos imprevisíveis, não sejas escrava(o) da agenda nem vivas refém da organização. Isto vai aumentar a tua criatividade e capacidade para a resolução de problemas. Equilíbrio é a palavra de ordem.

10. Organiza as tarefas


Estou a pensar em dar dicas para organizares a tua agenda, que achas? Cuidado com os post it's espalhados por todo o lado, podes deixar escapar alguns que sejam importantes. Estes são muito úteis para tarefas que aparecem em cima da hora, aponta num post it cola na agenda, resolve e retira-o. É importante que toda a informação se concentre num só lugar.

Se tens muitos compromissos, mais de uma reunião, dá um espaço entre 15 a 30 minutos entre elas, só assim podes prevenir possíveis atrasos e chegar a horas.

Conhece os teus limites e respeita-os como tenho vindo a referir ao longo deste post. Aprende a abrir mão, é normal que queiramos fazer tudo, mas temos que aprender a dizer que não. Por mais que nos metemos no lugar da pessoa, por mais que gostaríamos que nos fizessem o mesmo se fosse ao contrário, é importante dizer que não se não conseguires ajudar.

Por último e mais importante... antecipa possíveis problemas, constrangimentos ou imprevistos que podem acontecer e reserva um espacinho na agenda para a sua resolução. No final só tens que rectificar e planear o teu dia de véspera para que o dia seguinte corra tudo bem.

Quais destas dicas já usas?

Sem comentários:

Enviar um comentário