quinta-feira, 6 de agosto de 2015

Sabes o que andas a comer? Bolachas de arroz tufado

Hoje a rubrica do "sabes o que andas a comer?" é ligeiramente diferente. Diz quem sabe que devemos comer de 3 em 3 horas fazendo entre 5 a 6 refeições diárias. Isto vai manter os índices glicémicos estáveis e consequentemente consumimos menos calorias e alimentos calóricos que o nosso corpo tanto pede quando passamos mais de 3 horas e meia sem comer.

Estes lanches quando estamos em casa são super fáceis de fazer, uma panqueca, umas papas de aveia, um smothie ou qualquer outra coisa que exija que nos agarremos aos tachos e que preparemos na hora. No entanto para a escola ou para o trabalho, onde não podemos nem temos tempo para tal, já se torna mais difícil ter um lanche prático e saudável. Assim, recorremos às barrinhas, às bolachinhas e outros snack's embalados.

Quem está em dieta normalmente recorre às bolachas de arroz ou milho tufado, que muito se assemelham a pipocas espalmadas. Há quem diga que parecem esferovite, eu não concordo, gosto bastante e apesar de não estar em dieta recorro muito a elas por não terem glutén (um dia falamos sobre a minha nova dieta, mas se tiveres curiosa(o) tens um cheirinho no instagram do blog @socorrovoumorarsozinha).

Estas são leves, estaladiças,  menos doces que as restantes bolachas e têm menos 12 vezes de gorduras saturadas que as demais ofertas. Vejamos:

Fonte DECO

Contudo, apesar de mais saudáveis ao nível dos hidratos de carbono, ultrapassam os usuais 70g por 100g das restantes bolachas tendo 82g pela mesma quantidade. Mas, o grande problema destas bolachas é o seu alto índice glicémico que aumenta os níveis de açúcar do sangue, tornando-se desaconselhável para quem sofre de diabetes.

Dizem que estas bolachas não têm interesse nutricional porque não acrescentam nada de benéfico à nossa alimentação, mas também não faz mal apesar das limitações anteriormente mencionadas. Contudo, este arroz tufado submetido a alta temperaturas que resultam nestas bolachas são bastante versáteis e adequadas para lanches saudáveis. 

Podes enriquecê-las com fiambre e queijo adicionando proteína, queijo e tomate polvilhado com oregãos, um complemento ao almoço, doce se sentires falta de açúcar e energia, manteiga de amendoim. Ou ser mais criativa e conjugar manteiga de amendoim com rodelas de banana polvilhadas com canela, ou calda de morango com rodelas de morango polvilhadas com coco, vale tudo. Claro que quanto mais coisas adicionares menos bolachas deves comer, pois estas ficam mais calóricas mas também dependendo do que acrescentares mais ricas ficam, nutricionalmente falando.

Costumas comer estas bolachinhas?
Que achas?

Sem comentários:

Enviar um comentário