sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Salta uma rubrica como pipocas #16

As noites já começam a esfriar e isso quer dizer o quê? RONHA, chá e filmezinho... Como eu adoro o inverno e então, agora que começa o outono, já estou prontinha para ensaiar.
Se és do clube, aposto que já te deves ter espetado de frente com pelo menos um destes filmes e te questionado se valeria a pena. Aqui estão as respostas ás tuas preces.

Mad Max




Duração: 120 min.
Género:Ação, Aventura e Ficção cientifica
Cotação: 8,3 /10
Realização:George Miller
Escrito por: George Miller, Brendan McCarthy
Data de Estreia:14 de Maio de 2015
Cotação Pessoal: 5,1/10

Max é um policia renegado e isolado que acredita que a sua sobrevivência depende apenas dele e do seu isolamento. Num mundo pós-apocapolíptico, onde quem manda são os mais fortes, ele é preso e levado para servir de saco de sangue. Até que conhece Furiosa, uma rebelde que abraça a missão de fugir com as virgens que iriam garantir a renovação de geração de Immortan Joe, dando inicio a uma perseguição e luta pela sobrevivência.

Não esperava nada dele e por isso não me desiludiu, contudo, não gostei minimamente. Ainda, me motivei a ver devido a Tom Hardy, que como protagonista podia dar um certo animo ao filme, mas nem assim. Aliás podemos mesmo por começar por aí, a protagonização foi muito mal gerida em que o protagonista foi muitas vezes passado para segundo plano em detrimento da Furiosa, esta sim é a grande heroína, a maior da terra dela. Se isso é mau? Não, não é, mas se era essa a intenção não chamavam o filme de Mad Max, mas sim de Furiosa.
A fotografia muito estranha, poeirenta, baça e por mais que perceba a intenção de reforçar o clima de perseguição, guerra e tal, não penso que tenha sido muito bem conseguida, até pelo contrário.
O guarda roupa está bem conseguido, a caracterização excelente, a representação sem nada a apontar, mas nem isto salva o filme. O argumento pobre, efeitos muito computorizados e em certos momentos amadores, mas com um elenco de luxo. Não aconselho mas também consegui ver alguns aspectos positivos que podem ter aguçado a tua curiosidade.

Avengers: Age of Ultron


Duração: 141 min.
Género:Ação, Aventura e Ficção cientifica
Cotação: 7,8 /10
Realização:Joss Whedon
Escrito por:Joss Whedon, Stan Lee
Data de Estreia:29 de Abril de 2015
Cotação Pessoal: 7/10

O grupo de vingadores é novamente convidado a lutar pela paz do mundo, contra o maior vilão de sempre, criado por Stark e com inteligência artificial. Este filme não faz a clara distinção entre o bem e o mal, nem o herói e o vilão, mostra o lado obscuro de cada um dos vingadores e lado bom dos vilões (pelo menos a intenção de...).
Eu adoro vingadores, sou fã e por isso gostei do filme mas confesso que pode desapontar e que fica bem aquém das expectativas e do que promete. É apenas mais um filme da série dos vingadores e não tanto uma longa metragem que vale só por si, as personagens não vibram nem captam, apostam num romance bem envergonhado que não apimenta a história, novas personagens (estas sim fixes e curiosas) e em novos vilões deixando um gostinho para o novo filme.

Jenny's Weeding


Duração: 94 min.
Género:Comédia e Drama
Cotação: 5,3/10
Realização:Mary Agnes Donoghue
Escrito por: Mary Agnes Donoghue
Data de Estreia:31 de Julho de 2015
Cotação Pessoal: 5,5/10

Jenny's é uma mulher com uma vida estável, profissionalmente realizada, economicamente independente só que não tem um marido. A sofrer pressão por todos os lados decide assumir o seu relacionamento lésbico de à 5 anos.
Um filme que retrata a dificuldade de mudar estereótipos, preconceitos e aceitar a diferença quando esta nos bate a porta. Uma prova de resistência e de amor acima de tudo, onde a família é o quem podes realmente contar.

Já conhecias estes filmes?

Sem comentários:

Enviar um comentário